PABX (12) 3209-1918(12) 98158-9882

Notícias do mercado imobiliário

Bitcoin: as vendas de imóveis com as criptomoedas

Confira tudo sobre a bitcoin, moeda que mexeu com o mercado financeiro e está sendo usada como forma de pagamento para a compra de diversos produtos

O que é bitcoin? Como funcionam? Nesse texto teremos alguns termos novos que não estamos acostumados a usar no nosso dia a dia, mas não se preocupe! Vamos explicar cada um deles para entender de que forma o mercado imobiliário está usando criptomoedas, como o bitcoin, para vender imóveis.

Bitcoin: o que são criptomoedas?

Para entender o que são criptomoedas precisamos separar a palavra: “Cripto” vem de “criptografia”. E o que é isso? Imagine o número único de série de uma moeda. A criptografia seria o equivalente a esse número. Ela é a codificação de mensagens com o objetivo de assegurar que a informação se mantenha íntegra.

Número de série de uma nota

Número de série de uma nota de real em destaque

Ou seja, as criptomoedas têm esse nome porque usam justamente da criptografia para garantir segurança nas negociações pela internet. Cada moeda é única. Os bitcoins são um dos vários tipos de criptomoeda. Ela é a mais popular e não é regulada por um banco central. Existem também ether, ripple e litecoin.

Como conseguir bitcoins?

A produção de uma bitcoin é feita de maneira descentralizada por diversos computadores. Elas são geradas por qualquer pessoa que use um programa de “mineração”. Esses computadores competem entre si na resolução de problemas matemáticos para assim “minerar” bitcoins.

Quem consegue resolver, ganha um número limitado das moedas. Quanto mais computadores envolvidos na “mineração”, mais difícil fica resolver o problema matemático. O dono das moedas pode usá-las para a compra de produtos ou vendê-las.

Como os problemas matemáticos exigem muito dos computadores (e que fiquem ligados por muito tempo), é necessário processadores potentes. Por conta disso existem as “minas”, empresas com máquinas focadas em “minerar” para conseguir bitcoins. As pessoas conectadas à rede também conseguem visualizar todas as transações realizadas com bitcoins desde quando a moeda foi lançada em 2009.

Minerando bitcoin

Transações com o bitcoin – vendendo imóveis com criptomoedas

As bitcoins são limitadas. A criptomoeda foi inventada em 2009 por um programador conhecido como Satoshi Nakamoto. Existem 21 milhões e o ritmo de “mineração” vai diminuir no decorrer do tempo. Além de conseguir as moedas em “minas”, é possível comprá-las em casas de câmbio específicas ou realizando vendas de produtos. O valor dessas moedas segue o mesmo do câmbio, ou seja, quanto maior a demanda, maior a cotação.

As pessoas que têm bitcoins guardam as moedas em uma carteira virtual que tem um código de segurança. Ao comprar alguma coisa, ela repassa esse código para o vendedor. As transações são anônimas, mas ficam registradas de forma que todos que trabalham com bitcoins conseguem visualizar. Os registros acontecem em uma tecnologia chamada blockchain, que funciona como um livro-razão, no qual se registra a contabilidade de uma empresa.

O mercado imobiliário já começou a usar as criptomoedas. Alguns corretores, incorporadoras e imobiliárias estão aceitando bitcoins na compra e locação de imóveis. Incorporadoras, como a Tecnisa, por exemplo, estão aceitando esse tipo de pagamento. O importante é ficarmos de olho na variação das criptomoedas. Elas têm passado por grandes valorizações e desvalorizações.

Algumas empresas estão aderindo às criptomoedas pensando em investidores internacionais que estão buscando imóveis com perfil de luxo e esperando a possível valorização delas para os negócios. Acompanhar o mercado financeiro ajuda a entender melhor as criptomoedas e saber se faz sentido implementá-las na nossa rotina de negociação de imóveis.

Você conhece bitcoins? Já usou em suas transações imobiliárias? Procure a Riccio Imóveis e saiba como!

07/02/2018 Fonte: Vivareal

Últimas notícias